Não quero nada não, tô só dando uma olhadinha…

março 12, 2010

Times they are a changin’.

Filed under: Uncategorized — Caroline @ 4:19 pm

Tem horas em que preciso me perguntar se só eu tenho dificuldade em desistir de coisas do passado. De ver as coisas como elas realmente são.

Desde sempre eu tive dificuldade em controlar meu dinheiro, ora penso que não tenho nada e quando faço as contas, tenho mais do que o suficiente, oras penso que tenho bastante e compro alguma coisa, aí percebo que o dinheiro que eu gastei tinha uma finalidade e eu havia esquecido. A mesma coisa com peso, tinha medo da balança, literalmente. Eu cultivava esse pensamento mágico de que, se eu não checasse meu peso, minha vida seria mais fácil porque, com certeza, o resultado da balança me faria sentir um lixo.

Li um livro que eu achei fantástico há 10 anos atrás, li de novo há 2 anos atrás e achei tão mais ou menos. Conheci pessoas no passado que me surpreenderam, me deixaram flabbergasted e hoje… A mesma coisa com lembranças, um lugar que parecia mágico no passado e, anos depois, quando você retorna não vê nada demais. E tem vezes que, parece que a gente se apega a coisas que não existem, que nunca existiram… mas não há como explicar porquê e desvincular-se delas parece até mais difícil do que deveria ser.

Só sei que mais um pouco eu desisto e me faço cartões de enfrentamento. Quando pensei nessa hipótese percebi que, dessa vez pode ser que eu estou disposta à fazer mudanças mesmo.

Semanas pesadas.

Anúncios

2 Comentários »

  1. Olha… é complicado dizer qualquer coisa sobre esse assunto, todos carregam algum tipo de nostalgia e tende à se agravar ao longo dos anos. Há coisas saudáveis, há coisas que não fazem bem… e há ainda as criações da nossa mente. Não descartar é ruim, esquecer tudo também. Há de criar-se um balanço saudável do que já foi e do que é para melhor aproveitar oque ainda vai ser.
    Fica a minha frase: “Nada é certo até que aconteça”.

    Comentário por Felippe — março 15, 2010 @ 6:35 pm | Responder

  2. é Carol, infelizmente tudo muda, todos estamos sujeitos as passagens do tempo e com isto os seus caprichos… mas fica pelo menos a certeza de que assim como todo mundo muda, também temos o direito absoluto a mudança, seja esta qual for…

    Comentário por John Doe — novembro 11, 2010 @ 10:57 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: